Em ano de covid - vacinar contra a gripe!


Há cerca de 2 anos, falando da prevenção das infecções respiratórias, escrevemos  nestas colunas:

Uma "simples" gripe, que muitas vezes não é uma doença grave - apesar do grande mal-estar que provoca, com febre alta, dores musculares e alguns sintomas respiratórios - é erradamente subestimada. A gripe é uma doença muito contagiosa entre os conviventes próximos e pode abrir caminho a outras complicações, quer pelo atingimento do estado geral (que pode ser fatal para quem já está debilitado por outras doenças e pela idade), quer por se poder complicar com pneumonias graves. A vacina antigripal, que deve ser feita anualmente  a partir de Outubro, é de uma grande eficácia para prevenir estes quadros mais graves de que falámos. A vacinação é gratuita em todos os centros de saúde e partir dos 65 anos de idade.

Este ano, em que parece que só há covid, é muito importante não nos esquecermos de fazer a vacina antigripal em Outubro. Se esta vacina é sempre uma boa e segura ajuda, neste próximo inverno, quanto mais conseguirmos evitar os episódios gripais, mais ficaremos protegidos de todo o rol de procedimentos diagnósticos e de ansiedades instaladas sempre que haja uma suspeita de covid19. De facto, como clinicamente a gripe e a covid se assemelham, cada caso suspeito ainda mais complicará, não só a nossa vida pessoal, como todo o serviço de saúde. Vacinados - todos - haverá muito menos gripes e portanto muito menos casos suspeitos de covid.

As medidas de proteção individual, nomeadamente o uso de máscara nos ambientes fechados, ajudarão a reduzir o risco de contágio, e  devemos mantê-las. Mas evitemos o clima de suspeição, de medo dos outros, o pânico do contágio, a desconfiança, a ideia de culpabilização dos outros, dos "descuidados", dos "outros". A vida tem que ser vivida com confiança, sabendo que há riscos, mas que só com solidariedade e convivência ela se completa.


Artigo publicado em "A voz dos reformados" julho/agosto 2020
por Dr. José Miguel Carvalho



PATROCINADORES